Musculação é ótima para todos: de jovens a idosos; de atletas a sedentários.

Musculação é ótima para todos: de jovens a idosos; de atletas a sedentários.

Apesar de muita gente torcer o nariz para a musculação, fique sabendo que ela é uma atividade física ótima, que confere benefícios a todos os tipos de pessoa, independentemente do objetivo –que pode ser desde ter mais qualidade de vida e envelhecer com saúde até melhorar o rendimento em um esporte (corrida, natação, futebol, ciclismo).

Acontece que muitas pessoas confundem e criam um certo preconceito com a musculação, achando que ela serve apenas para deixar os corpos malhados e fortes –quando que na verdade os benefícios vão muito além. Se praticado da forma correta, o treinamento com pesos é muito eficiente e seguro para desenvolver a massa muscular, potência, velocidade, coordenação, flexibilidade e força, em graus diferentes. E a musculação é uma das poucas modalidades de treinamento resistido que praticamente qualquer pessoa pode praticar –um idoso consegue tranquilamente levantar pesinhos na academia, mas pode não ter condições de encarar uma série de exercícios funcionais no parque ou fazer crossfit, por exemplo.

A seguir, vou mostrar diferentes “formatos” de treino de musculação que qualquer um pode praticar. Claro que cada pessoa tem suas especificidades e deve se exercitar sempre respeitando suas diferenças. Mas isso não a impede de treinar no mesmo ambiente e muitas vezes fazer os mesmos exercícios que outros praticantes, o que difere os resultados são as cargas, intensidade e a dieta de cada um. Cada objetivo leva o treino pra uma direção diferente, porém, o ambiente é o mesmo.

Powerlifting

É uma modalidade de força cujo objetivo é levantar o maior peso possível em cada um dos movimentos que compõem o esporte: agachamento, supino e levantamento terra. Nessa modalidade, o “shape” do atleta não tem muita importância, o essencial é conseguir realizar os movimentos com as cargas determinadas. Mesmo que os movimentos executados no powerlifting sejam a base de todos os exercícios usados pelos praticantes de musculação, o objetivo do treino do powerlifter não visa somente a hipertrofia muscular, mas também leva em consideração todas as adaptações necessárias para o aumento da força, chegando nas cargas máximas.

Bodybuilding 

O objetivo principal da prática é melhorar a estética do corpo (conseguir definição muscular) por meio dos exercícios com peso –e também da boa alimentação. Como a a ideia do bodybuilding é “construção do corpo”, o foco do atleta está na musculação focada em hipertrofia, mas ele também realiza exercícios aeróbicos curtos e intensos, para reduzir o percentual de gordura.

Treino complementar para outros esportes A musculação é a base para que atletas (profissionais ou amadores) melhorem a performance em qualquer esporte. Por isso, deve ser realizada como treino completar das atividades específicas da modalidade que a pessoa pratica. Muitos atletas têm medo de fazer musculação achando que vão ganhar peso ao desenvolver músculos e perder agilidade ou outras habilidades. Não é bem assim. A musculação vai ajudar o atleta a desenvolver força sem ficar “gigante”. Obter grande hipertrofia não é algo tão simples e vai muito além de apenas puxar ferro: depende de alimentação e treinamento específico. Alguém que corre, nada, pedala ou joga futebol, não vai fazer o mesmo treino de um bodybuilding e, sim, um treino de musculação específico, como complemento para melhorar sua performance em sua modalidade.

Treino visando qualidade de vida

Não é que os outros três tipos de treino de musculação que citei não tragam saúde e bem-estar. Como já falei, eles podem ser benefícios para qualquer pessoa. Mas, se levarmos ao pé-da-letra, os três casos acima envolvem competição e a rotina de exercícios de um atleta gera grande sobrecarga no corpo, estressa o organismo, tem restrições, causa lesões… Ou seja, nem sempre traz melhora na qualidade de vida –claro que se você for basear seu treino numa rotina de bodybuilder, sem competir, como é a ideia desse texto, poderá dosar melhor as cargas e focar na qualidade de vida. Repito: todas as modalidades de treinamento com pesos são boas, tudo depende do objetivo de cada um.

Para a grande maioria que busca saúde e qualidade de vida, a musculação também tem espaço. Na verdade, grande parte dos alunos de academia praticam a atividade buscando por mais qualidade de vida. Não fique assustado quando ver os “monstros” treinando e levantando cargas altas, mantenha sempre o foco no seu objeto e levante os seus pesos. E se você sabe que precisa desse estímulo mais ainda tem medo ou acha que salas de musculação são apenas para os “gigantes de regata”, fique tranquilo. Você será surpreendido com os seus resultados depois de um tempo.

Independentemente da sua necessidade, na mesma sala de musculação tem espaço pra todos os objetivos. Você não ficará com o corpo gigante se não treinar e se alimentar para isso. E pense que academia não é lugar para somente para “sofrer”, pode ser também um local de lazer e para socializar.

Fonte: UOL