Mude de vida mesmo sem a Mega-Sena da Virada

Mude de vida mesmo sem a Mega-Sena da Virada

Acho engraçada esta mania que muita gente tem de ficar horas em uma fila para apostar na Mega-Sena da Virada. Muitos não costumam jogar nunca, é só nesta data, provavelmente porque ela simboliza um renascimento, outro ciclo de vida, com a chegada de um ano novo recheado de esperanças. Maria, minha vizinha, cumpre este ritual todo final de ano. Jura que tem horror a apostas, mas a mega da virada é diferente. Tem algo de místico aí. O sonho de acordar milionário no primeiro dia do ano novo mexe muito com o imaginário das pessoas, e por isso as lotéricas ficam lotadas.

A premiação este ano será de R$ 280 milhões, o maior valor da história. Dá para resolver, de uma vez por todas, a vida financeira de muita gente. O educador financeiro Reinaldo Domingos ressalta que, apesar da euforia, é preciso cautela. Fazer “uma fezinha”, destinando pequenos valores para apostar, faz parte da brincadeira e é divertido. No entanto, há pessoas que se tornam “viciadas” em jogos, o que, em vez de ajudar, atrapalha (e muito) as finanças pessoais.

O grande erro destas pessoas, na opinião do economista, é achar que a única forma de se tornar independente financeiramente é por meio da sorte. Elas estão muito enganadas. Ganhar na loteria é um sonho muito distante, e reservado para poucos. “Chegar a uma fase da vida em que não precisa mais trabalhar por necessidade, apenas por prazer, é um mérito de quem busca se educar financeiramente, planejando-se para alcançar esse objetivo”, afirma Reinaldo.

Em uma aposta da Mega-Sena da Virada, a chance de acertar todos os seis números é de uma em 50.063.860, segundo os dados oficiais da Caixa Econômica Federal. Por outro lado, apostando na educação financeira, para se tornar sustentável financeiramente depende só de você, diz o economista. Para isso, uma dica: ao receber seus rendimentos, a pessoa já deve, imediatamente, poupar uma parte. Com isso, não haverá risco de cair nas tentações do consumo e gastar tudo. “Enfim, o problema não é apostar, mas não ter consciência desses atos e apostar o seu futuro nisso. Se quiser realmente ter chances de ter o dinheiro para sua segurança financeira o caminho é ter sonhos a curto, médio e longo prazo e buscar educar-se financeiramente”. aconselha.

Fonte: NSC Total