Dólar em baixa: Siga 10 dicas para aproveitar o momento

Dólar em baixa: Siga 10 dicas para aproveitar o momento

Com o dólar em baixa pela terceira vez consecutiva, especialistas apontam ser esse o melhor momento de aproveitar e se planejar para compras e viagens.

Visto com otimismo pelos investidores, o resultado do primeiro turno das eleições fez o dólar cair mais de 3%. Atualmente, a moeda americana gira em torno de R$ 3,70. E essa tendência deve seguir por um bom tempo de acordo com Fabrizio Velloni, chefe da mesa de operações da Frente Corretora.

– Apesar das grandes oscilações, a tendência é para baixo. É hora de aproveitar essa oportunidade a curto prazo. O mercado financeiro não esperava uma vantagem tão grande (no primeiro turno das eleições). Provavelmente em abril e maio do ano já vamos saber qual a operabilidade diante desse quadro.

E para ajudar os leitores do Pleno.News, Fabrizio separou dez dicas para aproveitar essa fase baixa do dólar:

1. Programe a viagem com antecedência;

2. Liste as despesas para ter o valor mais próximo possível do que irá gastar;

3. Faça as compras em um momento de baixa, pois a oscilação é frequente com a volatilidade;

4. Evite as despesas com cartão de crédito. Tanto o câmbio quanto o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) de 6,38% deixam a operação bem cara;

5. Clientes que não gostam de papel moeda podem optar pelo cartão pré-pago. Apesar do IOF ser de 6,38%, eles conseguem fazer um custo de cotação melhor;

6. Compre, programe e verifique se o hotel aceita encomendas. O custo das compras via internet é bem mais em conta;

7. Há uma série de empresas que vendem os tickets no Brasil com facilidade de pagamentos. Desta forma, você tem controle do seu gasto;

8. Locação dos veículos também podem ser feitas em reais através de setor de reservas;

9. Caso tenha comprado as passagens no cartão, muito operadores dão uma cobertura básica de seguro viagem. O ideal é fazer um bom seguro e o valor deste produto é baixa;

10. Tenha atenção com as locadoras e as cláusulas dos seguros dos veículos, imprevistos acontecem.

 

Fonte: Pleno News