Descubra qual o melhor horário para a prática de atividade física

Descubra qual o melhor horário para a prática de atividade física

Desenvolver hábitos saudáveis é fundamental para quem pretender ter uma vida em harmonia, sempre com muita disposição e saúde para enfrentar todos os desafios. Manter uma boa alimentação, equilibrada, faz parte da estratégia. Outro fator importante é a prática de atividade física. A correria do dia a dia não pode se transformar em desculpa para evitar frequentar uma academia ou, até mesmo, caminhar no parque, dançar ou praticar artes marciais. 

Quem realmente busca qualidade de vida necessita encontrar um espaço na agenda para não ficar parado. Lembre-se: exercícios periódicos são importantes também para a mente, melhorando o humor e combatendo problemas como a depressão e o estresse. 

Manter uma rotina diária, com um tempo reservado para os exercícios, ajuda a evitar a fadiga. Mas, neste ponto, uma dúvida sempre aparece: De manhã ou à noite? Qual o melhor horário para a atividade física?

Independentemente do horário, colocar o corpo em movimento é fundamental, já que ajuda na produção de endorfina, substância responsável em melhorar o humor. Segundo especialistas, existem vantagens e desvantagens em todos os períodos. Mas o fundamental é não procrastinar!

Manhã

Pela manhã, a prática de exercícios ajuda a adquirir uma energia extra para superar todas tarefas do dia com muito mais disposição. Dessa forma, frequentar a academia logo cedo é recomendado. 

Entretanto, é preciso ter alguns cuidados para não transformar os benefícios em problemas. Neste período, a temperatura corporal é mais baixa. Esquecer do aquecimento, por exemplo, eleva o risco de lesões.  

Noite

Já quem busca utilizar a atividade física como uma forma de relaxar após um longo dia de trabalho, o período da noite encaixa com perfeição. Afinal, a endorfina também estará presente. 

Não esqueça de se alimentar bem durante todo o dia, de forma equilibrada e balanceada, evitando o abuso de gorduras, frituras e doces, por exemplo.  Outro cuidado necessário é para quem tem dificuldade de dormir. A energia extra conquistada com a atividade física pode prejudicar o sono.

Fonte: Terra