Dá para negociar as dívidas na Black Friday?

Dá para negociar as dívidas na Black Friday?

Segundo o Serasa Experian, o Brasil tem 63,2 milhões de consumidores inadimplentes. Será que dá para aproveitar a Black Friday para negociar as dívidas? De acordo com Lereno Soares, responsável pela área de Educação Financeira da fintech Juros Baixos, sim. Esta é a hora. Confira algumas dicas:

1 – Use um empréstimo barato para quitar dívidas caras – juntando todas e já pagando tudo de uma vez. Para isso é importante observar o valor da taxa de juros. Encontre o empréstimo com a taxa de juros mais baixa, pegue este empréstimo, pague todas as dívidas e concentre-se em pagar apenas uma dívida.

2 – Cuidado com as taxas do cartão de crédito e do cheque especial, que possuem em média uma taxa de 12% ao mês, e em média 307% ao ano. No caso dessas dívidas, pode valer a pena tomar um empréstimo pessoal que tem uma taxa média de 7% ao mês. No caso do empréstimo pessoal é uma média de 6,5% ao mês e 113% ao ano.

3 – Cancele o cheque especial e parcele o saldo devedor. Anote com atenção a taxa de juros que irão cobrar com este parcelamento. Aproveite e veja qual o valor total da dívida para colocar tudo no mesmo “bolo”.

4 – Pesquise o empréstimo pessoal mais barato. Você pode usar simuladores de empréstimos, indicamos aqui o simulador no site jurosbaixos.com.br

5 – E no cartão de crédito, vale a pena parcelar a dívida? O parcelamento do cartão de crédito custa em média 9% ao mês (178% ao ano). É melhor que entrar no rotativo do cartão, onde os juros são bem maiores. No entanto, vale a pena simular um empréstimo pessoal com a taxa menor e quitar este parcelamento e assim, pagar menos juros.

6 – Pesquise feirões de renegociação e ofertas especiais. Um exemplo é o feirão online do SPC – Serviço de proteção ao Crédito, que pode chegar a até 90% do valor da dívida, a possibilidade de um parcelamento maior ou um novo prazo para quitar o débito. Outra possibilidade é buscar crédito com garantia, que possui juros menores por ter menos riscos para instituição financeira, como no caso da Creditas.

7 – Sendo ou não Black Friday, sempre vale a pena negociar as dívidas, ter um fundo de emergência e gastar com o que realmente vá te dar bem-estar, te fazer crescer e te auxiliar a construir seu patrimônio. Não compre só porque está em promoção.

Sobre a Juros Baixos

Desde 2016, a Juros Baixos está no mercado com a missão de guiar decisões financeiras inteligentes, comparando as menores taxas de juros em 18 instituições, funcionando como uma verdadeira orientadora de crédito e financiamentos. Na plataforma da fintech qualquer pessoa pode simular empréstimos em diferentes bancos, financeiras e fintechs de crédito online, podendo contratar empréstimos de parceiros diretamente no site. Além do comparador de empréstimos, a Juros Baixos mantém um portal de educação financeira, com conteúdos gratuitos sobre crédito e finanças e um curso sobre Planejamento Financeiro, disponível gratuitamente neste link e também na plataforma de cursos da Udemy. Além disso, conta com canal no Youtube (youtube.com/jurosbaixos) e perfil no Instagram (@jurosbaixos) com dicas sobre finanças pessoais. Hoje, o site possui aproximadamente 1.5 milhão de visitas mensais e conta com mais de R$ 10 milhões de empréstimos emitidos por meio da plataforma.

Fonte: SEGS