AUXILIO EMERGENCIAL: COMO FAZER PLANEJAMENTO FINANCEIRO PESSOAL?

AUXILIO EMERGENCIAL: COMO FAZER PLANEJAMENTO FINANCEIRO PESSOAL?

Olá! Tudo bem? Você sabia que o planejamento financeiro pessoal é apontado como a ferramenta de maior importância para alcançar seus objetivos?

Em tempos de crise e de grana curta, precisamos urgentemente organizar a nossa vida financeira.

Cada pessoa tem uma forma própria de consumir e organizar o seu dinheiro. Enquanto alguns têm facilidade para poupar, outros sempre cedem às compras por impulso e ficam no vermelho antes mesmo do mês acabar.

Para montar um bom planejamento financeiro pessoal, é preciso entender a forma como você lida com o dinheiro e como funcionam suas finanças pessoais. Você gasta mais do que ganha? Tem reserva de emergência? Tem dívidas?

Por isso, hoje vou falar, a importância de ter um planejamento poderoso para ter ajudar a realizar seus maiores sonhos acredite, é possível!

 

 

O QUE É E PARA QUE SERVE UM PLANEJAMENTO FINANCEIRO?

Planejamento financeiro é a organização das finanças pessoais para a criação de um manto de proteção das necessidades do indivíduo e de uma ferramenta poderosa para alcançar objetivos e realizar sonhos em curto, médio e longo prazo.

Um dos principais pilares de sustentação do planejamento financeiro é a disciplina. Esse zelo por ações objetivas em prol das metas é que vai determinar o sucesso dessa organização.

Infelizmente, tudo isso ainda parece uma realidade distante, pois, no Brasil, não temos desenvolvida a cultura da valorização da educação financeira.

 

person holding black pen writing on white notebookVEJA 6 DICAS PARA VOCÊ FAZER UM PLANEJAMENTO PESSOAL FINANCEIRO:

1- ORGANIZE SUAS CONTAS PESSOAIS

Organização é algo primordial para quem pretende desenvolver o controle financeiro e também é uma das exigências básicas para um bom planejamento financeiro pessoal.

Existem diversas formas de organizar as contas pessoais. E, para colocar ordem na casa, muitas vezes basta apenas começar.

Um controle financeiro pessoal simples pode ser suficiente para garantir ótimos resultados, e ele pode ser feito inclusive usando uma caderneta, na qual os valores de receitas e despesas são inseridos.

Vale ressaltar que, não adianta gastar e não saber para aonde foi o dinheiro, certo?

Vale lembrar que, o cartão de crédito é uma forma de pagamento e não um grupo de gastos. Portanto, ao efetuar o pagamento do supermercado com ele, o valor dessa despesa deverá ser alocado nos gastos de “supermercado” e não em uma despesa de “cartão de crédito”.

2- COMPARE PREÇOS ANTES DE COMPRAR

Comparar preços antes de fazer uma compra evita que você desperdice dinheiro pagando mais caro por um item, além de evitar as aquisições por impulso.

Com a Internet, a tarefa fica muito fácil. Basta colocar o produto ou serviço que deseja comprar e ver os melhores preços disponíveis.

Fique atento também à reputação da loja. Afinal, não adianta pagar mais barato e comprar em um lugar que não é confiável.

3- APRENDA A POUPAR DINHEIRO

Aprender a poupar dinheiro começa por ter em mente um objetivo muito simples: você precisa gastar menos

do que ganha.

 A economia periódica é importante, afinal, o planejamento financeiro que funciona é aquele que constantemente é revisto e aprimorado.

Pode parecer óbvio, mas muitos não conseguem atingir este objetivo dentro de um planejamento financeiro pessoal. Resultado: ficam sempre no vermelho e precisam recorrer a empréstimos e afins para cobrir os rombos na conta.

Aprender a poupar dinheiro passa por avaliar as despesas de forma objetiva, ter metas realistas e, principalmente, determinação e persistência para mudar hábitos e economizar um pouco a cada mês até atingir seus objetivos financeiros.

4- APRENDA A INVESTIR DINHEIRO

Depois de aprender a poupar, é hora de saber como investir o dinheiro que sobrou. Primeiro, entenda o seu perfil de investidor (conservador, ousado, moderado) e a quantia que tem disponível para investir.

Alinhe estas informações com seus objetivos financeiros e busque investimentos que sejam adequados a esta equação. Quem quer ter dinheiro para a aposentadoria pode preferir investimentos de longo prazo. Quem tem horror a perder dinheiro pode não se dar bem em um investimento mais arriscado como o mercado de ações, por exemplo.

Faça já seu planejamento financeiro pessoal e dê uma virada nas suas finanças.

5- APRENDA QUE A EDUCAÇÃO FINANCEIRA PESSOAL É UM CONHECIMENTO RENTÁVEL

A educação financeira é muito mais do que simplesmente fala sobre dinheiro ou ficar apenas alimentando planilhas. Educação financeira é sinônimo de liberdade!

Educação financeira é valorizar os recursos, aprendendo a construir cada vez mais com menos.

6- VIVA DE ACORDO COM SUA CONDIÇÃO FINANCEIRA

Parte da disciplina que é tão necessária para o sucesso do seu planejamento financeiro vem do entendimento que você deve viver de acordo com a sua condição financeira.

Gastar com objetos de luxo ou viagens pode ser tentador, mas, daqui alguns meses, você tende a se arrepender do prazer momentâneo.

Por isso, preze por sua saúde financeira em longo prazo e faça escolhas inteligentes.

Parte importante da disciplina diz respeito a se adaptar as mudanças que possam se fazer necessárias durante o processo.

Pode ser que você tenha que recusar convites de amigos para sair, adiar uma viagem ou trocar as marcas que compra.

Por vezes, a mudança é etapa fundamental para economizar, poupar e investir para realizar sonhos maiores.

Regra 50-30-20

As proporções indicadas pela Regra 50-30-20 ajudam a organizar a vida financeira de quem não sabe por onde começar.

A referência proposta indica que até 50% da sua renda mensal deve ser dedicada aos gastos fixos, aqueles que são essenciais para garantir alimentação e moradia.

As despesas de conforto e estilo de vida – aquelas que são supérfluas – podem ocupar até 30% do seu orçamento, enquanto os 20% restantes devem ser poupados para uma reserva de emergência e investimentos.

man sitting on floor beside woman smiling inside white painted roomPLANEJAMENTO FINANCEIRO DEVE SER PRIORIDADE. QUE TAL COMEÇAR AGORA?

Disciplina é a chave do sucesso!

Como falamos, o que fará a diferença entre o sucesso e o fracasso é o seu comprometimento pessoal de pôr em prática tudo o que falamos aqui.

Um bom planejamento financeiro é importante por mostrar as rotas (de economia, esforço pessoal, trabalho, investimento) que você precisará tomar para alcançar o sucesso.

Com a Reforma da Previdência, essa necessidade de tomar conta do próprio futuro vai ficar cada vez mais clara para os brasileiros.

Se você usar as dicas deste artigo, certamente terá condições de avançar mais rapidamente em direção aos seus sonhos.

Faça seu Planejamento Financeiro Pessoal Hoje Mesmo.

 

 

 

 

Fonte: Conleste Notícias