Análise: Ansiedade, como se livrar do mal do século

Análise: Ansiedade, como se livrar do mal do século

A Síndrome do Pensamento Acelerado (SPA) é uma realidade mais presente do que nunca em nossa sociedade. Consiste em uma velocidade tão alta de pensamentos desordenados que estressa o cérebro e traz males até mesmo físicos.

Geralmente, esse estado vem do excesso de estímulos constantes, combinado com a falta de momentos de reflexão. Pensar antes de agir se torna tão difícil que a pessoa passa a reagir por instinto ou reflexo, como qualquer ser irracional.

Grande parte das pessoas não tem mais momentos de reflexão, de contemplação ou de ócio mesmo. Aqueles momentos em que exercitamos nosso cérebro, avaliamos a vida, analisamos as causas e consequências do que fazemos, planejamos os próximos passos com calma e deixamos que a nossa mente produza coisas novas. O chamado ócio criativo está raríssimo nos dias de hoje.

Submeter o cérebro a esse excesso constante de estímulos tem impedido funções intelectuais básicas do cérebro, levando as pessoas a fazerem coisas que não querem. As conversas de hoje não são mais diálogos onde um fala, enquanto o outro ouve, mas, sim, imposições de opiniões e um festival de desentendimentos bobos. Isso acontece tanto pessoalmente quanto nas redes sociais. Esse tipo de comunicação extingue a empatia e raramente um se coloca no lugar do outro.

Esse é o triste quadro do estado mental de muitos hoje em dia. Vemos pessoas cheias de diplomas e qualificações, mas que não conseguem se relacionar com os colegas de trabalho. Pessoas que têm sucesso financeiro, mas nem sequer conseguem desfrutar disso por estarem sempre ansiosas, irritadas, intolerantes, desassossegadas e sem o mínimo de paciência.

O reflexo físico desse estado pode causar problemas digestivos, dores musculares e de cabeça, queda de cabelo, perda de memória, cansaço e fadiga fora do comum.

O convívio social e até mesmo manter uma simples conversa olho no olho se torna difícil demais, pois a pessoa está de corpo presente, mas com a mente ausente e perdida em um turbilhão de pensamentos indefinidos e desordenados.

Este texto não é de caráter científico ou médico, mas apenas analítico. E essa análise nos faz refletir que é preciso retomar as rédeas do próprio pensamento, pois é ele quem comanda a vida por meio de escolhas. Por isso, pare e pense. Acalme-se, medite, busque momentos a sós e em silêncio para reorganizar seus pensamentos. Escreva, se for preciso, listando suas tarefas e o que tem de ser resolvido nos próximos dias. Você é um ser racional, portanto, deve estar no controle!

 

Fonte: R7