Planejamento financeiro: 6 dicas para cuidar melhor do seu dinheiro

Planejamento financeiro: 6 dicas para cuidar melhor do seu dinheiro

Ter um planejamento financeiro é o primeiro passo para garantir a tranquilidade financeira. Com um bom planejamento financeiro é possível entender como funcionam as finanças pessoais e definir objetivos financeiros. Mas como começar? Nesse texto vamos mostrar 6 dicas importantes para você levar em consideração na hora de criar seu planejamento financeiro. Vamos lá?

Dica 1: Entenda como funcionam suas finanças pessoais

Pessoas têm jeitos particulares de consumir e organizar seu dinheiro. Algumas têm mais controle sobre os gastos, outras sempre acabam o mês no vermelho. Por isso, antes de começar a traçar o seu planejamento financeiro, é preciso entender a forma como você lida com seu dinheiro. Você gasta mais do que ganha? Tem muitas dívidas? É compulsivo por compras? Tem alguma reserva de emergência? Entender essas questões ajuda muito a definir quais os próximos passos nessa trajetória.

Dica 2: Defina seus objetivos financeiros

Depois de entender como você lida com seu dinheiro, é hora de definir seus objetivos financeiros. Mas é importante ser realista nesses objetivos, levando em consideração a sua realidade. Não adianta querer acumular R$ 1 milhão em 5 anos se o seu salário é de R$ 2 mil. Crie objetivos possíveis de serem cumpridos e separe-os em metas de curto prazo. Para fazer uma reserva de emergência de R$ 2 mil em um ano, vá investindo R$ 167 reais por mês até atingir o valor esperado. Ser realista é o mais importante nesse momento.

Dica 3: Anote quanto ganha e quanto gasta

Muita gente não sabe quanto ganha e quando gasta. Por isso, anotar e acompanhar as entradas e saídas do mês é fundamental para criar e fazer o planejamento financeiro dar certo. Saber qual o percentual de gastos com cada campo da vida também é importante.

Dica 4: Aprenda a economizar dinheiro

A regra básica para economizar dinheiro é muito simples: gaste menos do que você ganha e tente reduzir ao máximo esses gastos. Mas como fazer isso? Reduzindo o banho, levando marmita para o trabalho, maratonando uma série em casa em vez de ir ao cinema, deixando o carro na garagem e aproveitando uma caminhada, pedalada ou até mesmo usando o transporte público algumas vezes na semana. Para facilitar esse processo, é preciso ter em mente o seu objetivo. É preciso ser algo que você queira muito e que mexa com o seu coração. Quer comprar a casa própria? Quer muito fazer aquele intercâmbio na Europa? Então você precisa economizar para realizar isso.

Dica 5: Antes de comprar, compare preços

Comparar preços ajuda você não só a economizar dinheiro, mas também a não comprar por impulso. Usar a internet para facilitar essa tarefa pode ajudar a ganhar tempo. Através de sites especializados, você pode buscar o comparativo de preços de um mesmo produtos em diversas lojas. Mas é importante ficar atento à reputação da loja. É uma loja conhecida? Existem reclamações sobre ela na internet? Quais são essas reclamações? Afinal, não adianta pagar mais barato, mas nunca receber o produto ou receber o produto errado, não é mesmo?

Dica 6: Invista o seu dinheiro

Agora que você já sabe como lida com seu dinheiro, já traçou seu objetivo, já sabe quanto ganha e quanto gasta e começou a economizar, é hora de fazer esse dinheiro render e trabalhar para você. Mas como? Investindo, é claro!

O primeiro passo para essa trajetória é entender o seu perfil de investidor. É mais conservador, ousado, moderado? E quanto você já tem disponível para investir? Em quanto tempo você deseja realizar o seu objetivo? Esses são três fatores importantíssimos a serem avaliados na hora de começar a investir.

Fonte: Money Times